Dicas de Saúde    
         
   

Dicas para um Primeiro Ano Saudável

   
   

         

A puericultura visa uma boa qualidade de vida para o bebê e a preparação de uma vida saudável como adulto.
Isso se consegue com o leite materno, que é o alimento mais completo e essencial para os bebês no primeiro ano de vida, por proporcionar nutrientes necessários para o adequado crescimento e bem estar. O amamentar representa um dos principais vínculos entre mãe e filho, favorecendo o prefeito desenvolvimento físico, emocional e imunológico do bebê, protegendo contra várias doenças. Cabe ao pediatra promover, proteger e estimular a amamentação, o que se consegue com orientações, apoio e assistência técnica.
O aleitamento deve ser mantido exclusivo, sem adicionar água, chás ou outros alimentos pelo período mínimo de 6 meses. Após os seis meses, o bebê aresenta maturidade fisiológica e neurológica para receber outros alimentos semi-sólidos, com maior facilidade de ingestão e digestão. Esta fase é chamada de "introdução de alimentação complementar".
A introdução de alimentos complementares não deve ser feita antes dos quatro meses e nunca muito mais tarde que o sexto mês. Não deve ser utilizado o leite de vaca. Hoje se sabe que ele pode ocasionar sangramento intestinal; é pobre em ferro, podendo causar anemia, diarréias de repetição; e sódio levando a sobecarga da função dos rins, aumentar a susceptibilidade de infecção, escesso de proteína, dermatites e até desnutrição. Com isso, leva o recém nascido a iniciar a vida em DESVANTAGEM, tendo problemas como DÉFICIT DE APRENDIZAGEM, que somente aparecerá na idade escolar.
Evitar anemia (que pode causar lesões irreversíveis no cérebro), excesso de sódio e a sobrecarga renal, evitar o excesso protéico e adquar sua comosição e garantir um perfil de lipídeos excelente para a mielinização e para a saúde das artérias do cérebro e do coração.
Isso se consegue, de maneira bem satisfatória, com as Fórmulas Infantis que segem as determinações do Codex Alimentarius FAO/OMS, sendo que no 1º semestre deve-se utilizar uma fórmula de partida e no 2º semestre utilizar uma fórmula de seguimento.
Existe unanimidade entre as autoridades pediátricas brasileiras e internacionais (incluindo Academia Americana de Pediatria) que o LEITE DE VACA INTEGRAL NÃO É INDICADO NO 1º ANO DE VIDA. Na falta irreversível do leite materno, está indicado o uso de fórmulas infantis.

   
         
         
   
>Próxima Dica  
   
         
 
 
Santa Maria - RS - Pinheiro Machado, 2350 - Ed. Central de Clínicas. Térreo